Skip to main content

Suspeitos de aplicar golpes milionários são presos em operação da PCGO

roubo de carga, estatísticas,acidentes de trânsito

Suspeitos de aplicar golpes milionários são presos em operação da PCGO

roubo de carga, estatísticas,acidentes de trânsito

De acordo com as investigações, que duraram cerca de 12 meses, os suspeitos prejuízos milionários contra várias vítimas por meio do roubo de cargas e outras fraudes.

A Polícia Civil de Goiás (PCGO), por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas (Decar), deflagrou uma operação que resultou na prisão de dois suspeitos de aplicar golpes milionários em diversas regiões do Brasil.

De acordo com as investigações, que duraram cerca de 12 meses, os suspeitos são integrantes de uma associação criminosa que deram prejuízos milionários, contra várias vítimas, por meio do roubo de cargas e outras fraudes.

Um dos suspeitos foi preso na última sexta-feira (21/1), em Camaçari, na Bahia, onde desfrutava de uma vida luxuosa com o dinheiro que subtraia das vítimas. A ação foi feita com auxílio da Polícia Civil (PCBA), da Polícia Militar (PMBA) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF) da Bahia, localidade onde encontrava-se desfrutando de uma vida pomposa com o dinheiro de suas vítimas.

Suspeitos de aplicar golpes milionários teriam cometido crimes em diversas regiões do país

Segundo a Polícia Civil, os investigados, juntamente com um terceiro suspeito, são sujeitos ativos de inúmeros crimes de estelionato em diversas modalidades praticadas em inúmeras regiões do país.

Como os investigados são suspeitos de cometer crimes semelhantes, a imagem foi divulgada para facilitar o reconhecimento por outras possíveis vítimas.

Além da prisão dos suspeitos de aplicar golpes milionários, uma quadrilha especializada em roubos e receptação de cargas foi presa

A Polícia Civil de Goiás (PCGO), por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas (Decar), prendeu temporariamente um terceiro integrante de uma quadrilha especializada em roubo de receptação de cargas de ferro e aço.

Operação Chalybes foi deflagrada no último dia 14 de Janeiro. No ano passado, a polícia conseguiu desmantelar o esquema do maior receptador de cargas de aço do Centro-Oeste.

De acordo com a PCGO, o alvo do mandado de prisão é um dos braços direitos do dono de duas grandes lojas de venda no atacado de ferro e aço, que tiveram praticamente todo seu estoque apreendido na última operação, por estarem repletas de mercadorias roubadas e outras sem qualquer documentação fiscal.

Agora, as investigações prosseguem para identificar e localizar os demais integrantes da organização criminosa, que, além de encomendar os roubos de cargas e coordenar com motoristas os desvios dos produtos, falsamente registrados como roubados, também faziam uso de compra e venda de imóveis e veículos de luxo, visando a lavagem de dinheiro obtido com a venda das cargas desviadas.

Fonte: https://diaonline.ig.com.br/2022/01/24/suspeitos-de-aplicar-golpes-milionarios-sao-presos-em-operacao-da-pcgo/?utm_source=Dinake+Nubia&utm_campaign=diaonline-author

roubo de carga, estatísticas,acidentes de trânsito

Mais notícias

roubo de carga, estatísticas,acidentes de trânsito