Skip to main content

“Inventando a roda” ou inovações sociais: as novas ferramentas para a Segurança Pública no Brasil.

roubo de carga, estatísticas,acidentes de trânsito

“Inventando a roda” ou inovações sociais: as novas ferramentas para a Segurança Pública no Brasil.

roubo de carga, estatísticas,acidentes de trânsito
roubo de carga, estatísticas,acidentes de trânsito,

Autor: Carlos Eduardo Gama

Fundador do BOM BEM – O Primeiro Quiz Mobile de Segurança do Brasil.

CENTRO DE CAPACITAÇÃO E PROGRAMAS DE PREVENÇÃO – CCPP PROERD – PMERJ

 

Vamos apresentar alguns Aplicativos para smartphone nas plataformas IOS e ANDROID que procuram dar destaque e aumentar a participação da população e dos Agentes Públicos nas questões da Segurança Pública no Brasil:

1 – Fogo Cruzado    

“O app coletará as informações de tiroteios por meio de dados das polícias, da imprensa, das redes sociais e de colaboração dos usuários. Ao preencher um formulário simples e seguro, qualquer cidadão pode registrar a ocorrência de um tiroteio em seu bairro. A informação é transformada pelo app em uma notificação num mapa da região metropolitana do Rio disponível no site, ilustrando a prevalência e a distribuição geográfica e social da violência armada na cidade.”

Leia mais: http://extra.globo.com/casos-de-policia/aplicativo-fogo-cruzado-comeca-mapear-tiroteios-no-rio-19647679.html#ixzz4Q0ZtTXnV

2- Nós pos Nós  

“Pelo aplicativo, os jovens e as jovens poderão fazer denúncias de abusos e violências de maneira segura. Poderão filmar, fazer fotos, redigir textos e com a opção de se manter no anonimato se quiser. O aplicativo é resultado de uma série de discussões, pesquisas e mapeamento dos mecanismos acionados pelos e pelas jovens em caso de violações.”

Leia mais: http://www.jb.com.br/comunidade-em-pauta/noticias/2016/02/07/aplicativo-nos-por-nos-no-combate-a-violencia/

3- Onde fui Roubado  

“Onde Fui Roubado é um mapa coletivo com ocorrências de crimes a partir do Google Maps. O usuário deve selecionar a cidade em que deseja consultar os roubos e aí pode visualizar o mapa com os crimes.

É possível filtrar os resultados por data (escolher visualizar apenas os crimes em um determinado período) e buscar um endereço específico. Além disso, o usuário pode consultar um painel de estatísticas, com informações como ranking de objetos mais roubados e tipos de assaltos mais frequentes”

Leia mais: http://exame.abril.com.br/tecnologia/fuja-do-perigo-com-apps-que-mapeiam-ocorrencias-de-crimes/

4- WikiCrimes Mobile    

“O WikiCrimes Mobile é um aplicativo que se conecta com a base de dados do site wikicrimes.org para verificar se o local que o usuário está é seguro ou não.

No site, são cadastrados por pessoas os crimes sofridos com a sua localização. Com o app, o usuário clica em “Aqui é perigoso?” e recebe uma resposta de acordo com os parâmetros escolhidos. É possível definir o raio de distância e o período em que aconteceram os delitos para definir se o local é seguro.

é um aplicativo que se conecta com a base de dados do site wikicrimes.org para verificar se o local que o usuário está é seguro ou não.

No site, são cadastrados por pessoas os crimes sofridos com a sua localização. Com o app, o usuário clica em “Aqui é perigoso?” e recebe uma resposta de acordo com os parâmetros escolhidos. É possível definir o raio de distância e o período em que aconteceram os delitos para definir se o local é seguro.”

Leia mais: http://exame.abril.com.br/tecnologia/fuja-do-perigo-com-apps-que-mapeiam-ocorrencias-de-crimes/

5- BOM BEM – Cultura de Segurança  

“Como o nome de BOM BEM, o aplicativo é gratuito, para Android e iOS, e oferece perguntas sobre Segurança e nesta fase inicial, está direcionado aos Operadores de Segurança, para que testem seus conhecimentos, ou ainda adquiram informações de qualidade, para o aperfeiçoamento da técnica profissional.Para os idealizadores desse jogo, o maior objetivo do BOM BEM é estimular e engajar o jogador,  abordando temas que se relacionam  com o cotidiano do serviço da segurança pública e privada e facilitar o aprimoramento teórico da profissão, algo como uma gamificação do conhecimento e o aumento do consumo consciente das atividades profissionais ligadas aos operadores de segurança. ”

Leia mais: https://warfare.com.br/wtm/edicao-35/quis-para-policiais.html

Vamos baixar os aplicativos, PARAR de reclamar dos “governantes” e participar mais da Segurança Pública no Brasil.

Um abraço,

Fonte: https://www.linkedin.com/in/carlos-eduardo-gama-4a068b102/

roubo de carga, estatísticas,acidentes de trânsito

Mais notícias

roubo de carga, estatísticas,acidentes de trânsito
roubo de carga, estatísticas,acidentes de trânsito,