Skip to main content

Caminhoneiros acham propostas do eleitorado ineficazes e sem sentido

Caminhoneiros acham propostas do eleitorado ineficazes
roubo de carga, estatísticas,acidentes de trânsito

Caminhoneiros acham propostas do eleitorado ineficazes e sem sentido

roubo de carga, estatísticas,acidentes de trânsito
roubo de carga, estatísticas,acidentes de trânsito,
Caminhoneiros acham propostas do eleitorado ineficazes

Wallace Landim, o Chorão, que foi um dos líderes da greve de caminhoneiros de 2018 e é presidente da Abrava (Associação Brasileira dos Condutores de Veículos Automotores), diz que o único ponto positivo da PEC dos Combustíveis é a iniciativa.

“A intenção é boa, porém, não vai no foco do problema, que é a política de preço da Petrobras. Neste momento, temos que criar um fundo para estabilizar e aos poucos baixar o preço dos combustíveis”, diz Chorão.

Para ele, a solução seria o fim do PPI (preço de paridade de importação), praticado desde 2016 e calculado com base no preço de aquisição do combustível. “Vendemos nosso petróleo em real e compramos em dólar”, reclama.

Compartilha da opinião José Roberto Stringasci, presidente da ANTB (associação nacional dos transportes), que diz que a proposta não faz sentido e é eleitoreira. “Políticos candidatos às eleições deste ano abraçaram essa causa, mas não têm conhecimento dela. E se tem, é só promessa de política”, diz.

Segundo Stringasci, zerar os impostos vai “quebrar os estados em segurança, saúde e educação” e, após alguns meses, os preços voltarão a ficar elevados.

O presidente do Sindicam-SP (sindicato dos transportadores autônomos), Norival de Almeida Silva, também mostra dúvidas em relação à PEC proposta pelo governo Bolsonaro.

“Aguardamos uma PEC que realmente complemente a necessidade do transportador, para que possamos trabalhar com mais possibilidade de termos um final de viagem mais compensador, tanto a nós quanto ao consumidor final, mas vamos esperar ver o que poderemos aplicar”, disse Silva.

Com a disputa provocada pelos textos no governo e no Congresso, a gestão Bolsonaro já considera a possibilidade de incluir a autorização para reduzir tributos sobre o diesel em um projeto de lei complementar em tramitação no Senado.

roubo de carga, estatísticas,acidentes de trânsito

Mais notícias

roubo de carga, estatísticas,acidentes de trânsito
roubo de carga, estatísticas,acidentes de trânsito,