Roubo de cargas encarece mercadorias que chegam ao RJ

Caminhões estão com medo de vir de outros estados para o Rio por causa da insegurança, segundo o presidente da Acegri. Empresários estão pagando 30% a mais para transportar.

  Devido ao grande índice de roubos de cargas no estado do Rio de Janeiro, os empresários estão pagando 30% a mais de frete por conta da contratação de novos seguranças para trazer produtos de outras cidades e estados. O aumento no valor é diluído na mercadoria e chega ao consumidor, que também acaba pagando mais caro.

De acordo com o presidente da Associação Produtores Usuários Ceasa Grande Rio (Acegri), Valdir Lemos, os empresários estão com dificuldades para conseguir caminhões que venham de outros estados por causa da insegurança.

“Nós estamos tendo dificuldades de arrumar caminhões em outros estados que não querem mais vir para o Rio de Janeiro. Me parece que o pessoal partir para o roubo de carga porque é mais fácil, eles vendem rápido. Só um comerciante, em novembro e dezembro, teve R$480 mil de prejuízo de 15 caminhões dele que foram roubados”, disse Valdir Lemos.

Em 2016, 41.704 carros foram roubados em todo estado do Rio de Janeiro. Os locais com os maiores número de ocorrências foram Vilar dos Teles, Duque de Caxias, Pavuna, Honório Gurgel e Vicente de Carvalho.

Globocop flagra restos de veículos abandonados no Morro do Chapadão

Imagens feitas pelo Globocop nesta terça-feira (7) mostram dezenas de carros desmontados abandonados na região do Complexo do Chapadão, na Zona Norte do Rio, que é uma das áreas conhecidas pelo roubo de carga. Nas imagens, é possível ver que os veículos são carros novos e que estão sem rodas e sem motores.

Fonte: http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/roubo-de-cargas-encarece-mercadorias-que-chegam-ao-rj.ghtml

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*