Protesto de empresários do setor de cargas complica trânsito na Avenida Brasil

   Extra Online RIO – Um protesto de empresários do setor de cargas levou cerca de 100 carretas à Avenida Brasil e complica o trânsito na via na manhã desta terça-feira. Os caminhões saíram do Mercado São Sebastião, na Penha, na Zona Norte do Rio, pouco depois das 7h, e se dirigem em sentido Centro. O grupo está na altura do Into. Devido à manifestação, o trânsito está com 16,4 quilômetros de congestionamento na via. Reflexos chegam à Linha Amarela.

Segundo o Centro de Operações Rio (COR), a melhor opção para os motoristas e seguir pela Linha Vermelha. A prefeitura também recomenda o uso do transporte público, como metrrô, trens e BRT nas próximas duas horas.

Por volta das 9h40m, o total de congestionamento na cidade era de 50 quilômetros, que segundo a prefeitura, dentro da média das últimas terças-feira.

O objetivo dos empresários é sensibilizar autoridades do governo federal quanto à explosão de roubos de carga no Rio. Cartazes foram afixados nas carretas com dizeres dirigidos ao presidente Michel Temer, a senadores e a deputados federais. Uma das reivindicações do grupo é o envio de tropas federais para o patrulhamento exclusivo das vias que dão acesso à capital do estado.

— A situação está insustentável. Os empresários do setor de carga no Rio estão prestes a parar. Motoristas estão pedindo demissão, o seguro está mais caro, não dá mais para fazer frete. E, no final das contas, o consumidor também é prejudicado. O governo federal precisa agir — afirma o coronel PM Venâncio Moura, diretor de segurança do Sindicato de Empresas de Transporte de Carga (Sindicarga). A entidade estima um prejuízo de R$ 1 bilhão no setor em 2016. A previsão para este ano é de um prejuízo ainda maior.

Fonte: extra.globo.com/noticias/rio/protesto-de-empresarios-do-setor-de-cargas-complica-transito-na-avenida-brasil-21523743.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*