Polícia recupera carga de R$ 5 milhões na Niterói-Manilha, no Rio

  A Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA) realizou uma megaoperação na madrugada deste sábado e conseguiu interceptar o roubo de uma carga avaliada em R$ 5 milhões. Às 4 horas da manhã, três caminhões carregados com eletrodomésticos, eletroeletrônicos e outros produtos de alto valor foram parados na Rodovia Niterói-Manilha, na Região Metropolitana do Rio.

Toda a carga foi recuperada pelos 30 policiais que participaram da ação. Não houve troca de tiros e 12 homens foram presos e um menor de idade apreendido. Os bandidos são do Complexo do Alemão, que fica na Zona Norte do Rio, e fazem parte de uma quadrilha de roubo de veículos. Um dos homens pego no assalto havia sido preso por receptação há dois meses, mas já estava solto.

Segundo o delegado da DFRA, Alessandro Petralanda, os bandidos tinham informações privilegiadas das cargas que estavam no depósito, localizado em Araruama, na Região dos Lagos. O delegado afirma ação só ocorreu porque sua equipe estava monitorando a quadrilha há 3 meses.

— Semana passada os criminosos roubaram dois caminhões e descobrimos que seriam usados para praticar este assalto. A idea deles era encher os veículos de cargas para trazer para o Rio de Janeiro. Lá (em Araruama) eles roubaram a terceira caminhonete, da própria transportadora. Os criminosos tinham a informação privilegiada de que nesta madrugada o depósito estaria lotado, devido ao dia das mães — disse Alessandro, que completou: — Eles fizeram um roubo encomendado, visando produtos específicos. Pegaram apenas as cargas mais valiosas como celulares, tablets, notebooks. O roubo durou cerca de 40 minutos.

A carga roubada estava avaliada em R$ 5 milhões.
A carga roubada estava avaliada em R$ 5 milhões. Foto: Márcia Foletto
Da operação também participaram agentes da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) e da Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas (DRFC). Além da carga foram apreendidos um revolver, duas pistolas, celulares e tocas ninjas.

O dono do depósito acredita que as informações podem ter sido passadas por um ex-funcionário da transportadora. O empresário conta que os bandidos foram violentos com os empregados que trabalhavam no local.

— Foi a primeira vez que assaltaram a empresa em Araruama e foi muito assustador. Bateram muito em um dos meus funcionários, ele teve um dente quebrado, colocaram um revolver na boca dele, que chegou a cortar a boca do garoto — relata o dono do depósito, que não quis se identificar: — Quando a gente bloqueou o caminhão, a polícia já estava em cima. Quero agradecer aos policiais pela operação, que fizeram um ótimo trabalho, mesmo com os salários atrasados.

Câmeras de segurança registraram a ação dos assalatantes.

Câmeras de segurança registraram a ação dos assalatantes. Foto: Márcia Foletto

O empresário relatou que a carga, por ter sido roubada dentro do depósito, não estaria assegurada, já que a empresa de seguros só cobre as cargas que estão dentro dos caminhões durante as entregas. Os equipamentos roubados foram devolvidos à transportadora.

Além do menor apreendido, de 17 anos, foram presos: Anderson Teixeira Costa Nascimento, 38 anos; Rodrigo Mota da Silva, 30 anos; Rodrigo Freitas dos Santos, 28 anos; Marcos Vinicius de Araújo Monteiro, 21 anos; Marcos Paulo Paixão Horta, 39 anos; Ricardo da Silva Melo, 29 anos; Ivan Rodrigues Martins, 39 anos; Alberto Martins Oliveira, 30 anos; Robson Reinaldo, 54 anos; Mauricio da Silva M. Gomes, 21 anos; Bruno Rafael dos Santos Pontes, 20 anos; e Vagner Andre Silva Felix, 33 anos.

Os presos serão levados para o Complexo Penitenciário de Gericinó, e o menor apreendido, para o Degase.
Os presos serão levados para o Complexo Penitenciário de Gericinó, e o menor apreendido, para o Degase. Foto: Márcia Foletto

De acordo com o delegado, as próximas etapas serão interrogar os doze presos e o menor apreendido. A quadrilha vai responder por associação criminosa, receptação, roubo com porte ilegal de arma, adulteração de sinal de identificação de veículo e corrupção de menor. Os presos serão levados para o Complexo Penitenciário de Gericinó, e o menor apreendido, para o Degase.

Fonte: http://extra.globo.com/casos-de-policia/policia-recupera-carga-de-5-milhoes-na-niteroi-manilha-no-rio-21304475.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*