O Gerenciamento de risco logístico em gestão e processos na obtenção de melhorias em excelência no resultado

Autor: Carlos Porciúncula

Especialista em Gerenciamento de Risco Logístico/Excelência ao Cliente/Logística de Distribuição/SAP/Tovts/Protheus

O gerenciamento de risco  hoje está cada vez mais presente em nossa vidas pessoais e profissionais. Porém, muitos ainda não conhecem ou não tem estas informações ou ao menos nunca  ouviu falar. Porque será, claro isso varia do ramo de atuação – não é mesmo? Bom, não vou entrar no mérito de quem tem ou sabe o que é PGR( plano de gerenciamento de risco) organizacional.

Mas cada vez mais o mundo corporativo e empresarial demanda por profissionais capacitados e qualificados pela busca contínua em desenvolvimento profissional e melhoria(autoconhecimento). Sim, em um mundo globalizado fica e se torna difícil competir e ser aquele profissional em que o simples fato de ter formação superior(graduação) te garantiria sua empregabilidade ou estabilidade. Hoje, o profissional com níveis estágio, assistente, auxiliar, técnico, trainee, analista, supervisores, gerentes e diretores(executivos) e CEO querem e exigem profissionais(0 mercado) com uma series de competências  curricular, técnicas, comportamentais dentre outras.

Capacidade e visão analítica: (estatística & KPI)

Isso se vale tanto para grandes e médias empresas, transportadoras, gerenciadoras, reguladoras, seguradoras e corretoras – neste meio.  Esta imagem acima mostra ou ilustra a gestão de risco dos processos preventivos em  prevenir e  reduzir  custos e agregando melhorias operacionais e processos no que tange toda  ciclo produtivo do produto desde à entrada até saída e com a chegada no cliente e no consumidor final(Produto – Marca da CIA). Tudo isso envolve o produção empurrada ou enxuta, produto em estoque ou armazenado, compra de insumos, envolvimento do PCP e Suprimentos, vendas a fechar e realizar, pedidos em carteira”forecast”, faturamento, contratação de transporte, agendamento de cargas e descarga, solicitações de coletas na unidade fabril, regularização e liberação de cargas e do seguro”apólice”, averiguação do profissional(motorista) civil, judicial e criminal, rastreamentos de cargas, análise de risco e rotas, cadastro comercial, monitoramento através de GPS, iscas e tecnologias – software.  Mas você consegue entender, somente com esta imagem sim ou não?!  O que é  gerenciamento de risco ? Você sabe?!

O Gerenciamento de Riscos tem caráter preventivo, é o conjunto de todas as medidas de segurança que são utilizadas e idealizadas com objetivo de aumentar e preservar a segurança, minimizando perdas materiais e humanas. 

Nesta ferramenta de gestão e de implantação para gerenciar risco materiais, financeiros, humanos e ambientais de sustentabilidade – temos ás seguintes ferramentas de prevenção e controle de perdas:

  1. Pesquisa Cadastral;
  2. Monitoramento 24hs;
  3. Normas e Procedimentos;
  4. Escolta Armadas;
  5. Treinamentos;
  6. Pós Vendas técnico
  7. Pronta resposta;
  8. Fiscalização;
  9. Investigação.

Central 24horas – Gerenciadoras:

Quando falamos em “gerenciamento de risco” estamos falando de gerenciar processos, produtos e gestão(pessoas também), uma vez que são ás marcas de grandes corporações e organizações que estão sob riscos diários que precisão de ferramenta de gestão eficaz para  reduzir perda, custo  e  otimização financeira em pró da produtividade, qualidade, eficiência  na segurança para obter exito financeiro lucrativo e de rentabilidade.

Pesquisa cadastral:(Benefícios)

As estatísticas comprovam que esta ferramenta reduz em média 30% das ocorrências de crimes no transporte rodoviário de cargas do tipo:

  • Estelionato;
  • Apropriação indébita;
  • Formação de quadrilha;
  • Desvio de cargas;
  • Falsidade ideológica e outros.

   Monitoramento 24hs  – tipo de sistemas de Rastreamento:

  •  Satelital;
  • Hibrido (satelital + GPRS);
  •   GPRS (Canal de dados Telefonia Celular);
  •  Rádio freqüência.

O software é de extrema importância e é uma das principais ferramentas para o bom andamento do processo de gerenciamento:

  • Mapas digitais;
  • Cerca eletrônica;
  • Área de risco;
  • Roterização;
  • Controle de alertas e eventos;
  • Comunicação com o veículo;
  • Controle de atuação no veículo;
  • Controle de viagem;
  • Relatórios.

Benefícios do Sistema de Rastreamento:

  • Controle logístico das operações de transporte;
  • Eliminação de perdas e danos;
  • Padronização de processos;
  • Especialização em produtos;
  • Implantação de praticas de melhorias contínuas;
  • Aplicação de metas e controles de desempenho;
  • Fortalecimento de parcerias;
  • Qualidade.

Roubo de cargas: (Por que acontece?)

  • Roterização não otimizada;
  • Condições de Trafego;
  • Quadrilhas organizadas.
  • Legislação com baixa penalidade;
  • Baixo investimento em proteção.

Acidentes: (Causas?) 

Os acidentes não acontecem por acaso ao mero acaso, sempre são provocados.

* Vamos citar as maiores causas de acidentes rodoviários nas estradas brasileiras.

Maiores causas de acidentes:

  • Arrebites / Drogas;
  • Alcoolismo;
  • Negligência;
  • Velocidade;
  • Condições adversas.

Uma das ferramentas mais  utilizadas em gestão e gerenciamento de risco são ás Estatísticas de Controle Operacional e KPI’s pois com eles se consegue medir, obter, analisar e inserir dados para obter melhorias(kaizen), desempenho e performance em resultados e metas para obtenção das prevenções de perdas e riscos de todas as áreas.

O gerenciamento  de risco pode ser gerenciado de qualquer lugar, território e estado. Desde que a empresa queira, precise,necessite, controlar, gerenciar e minimizar seus riscos e suas perdas financeiras, humanas e materiais de todos os envolvidos em benefício do meio  ambiente e organizacional com o meio sustentável. Vai ter que treinar ou ter profissionais treinados, capacitados, comprometidos,  motivados e etc. E com estruturas adequadas para o monitoramento das  tecnologias visando o custo X benefício para à Segurança em sua gestão corporativa. Podendo implantar através dos seus gestores ferramentas de última geração e apropriadas para gestão de contas de acordo com o cliente (Plano de ação, Planejamento estratégico, PDCA , 5’S, Analise SWOT ,Black belt,Green Belt, Yellow Belt e White Belt – Lean Six sigma) e etc!!

Bom, poderia ficar horas descrevendo ou inspirando me com o tema “gerenciamento de risco” na logística de distribuição, pois é e são umas das minhas paixões profissionais – busco  desenvolvimento contínuo em melhorias com intuito de aprender sempre!!

Uma boa noite!! Abraços

 Att,

Carlos

FOnte: https://www.linkedin.com/in/carlosporciunculalogistica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*